Noções básicas sobre alinhamento de veículos

Os serviços de alinhamento de veículos são práticas básicas e extremamente comuns em praticamente todos os auto centers brasileiros.

Mas você sabe com eles funcionam?

Basicamente, o alinhamento de veículos consiste no alinhamento de direção das rodas e balanceamento dos pneus do veículo, indicados quando o “carro não acompanha o volante” ou aparecimento trepidação excessiva (e inesperada) do veículo em movimento.

Quando surgem, tais problemas só podem ser resolvidos através de equipamentos e técnicas específicas utilizadas no alinhamento de veículos que, além de ajustar a direção das rodas e trepidação do veículo, também contribui para:

  • Aumento na eficiência do rolamento;

  • Melhor dirigibilidade;

  • Melhora na mobilidade do volante.

Apesar do problema ser comum – geralmente a frequência do alinhamento é especificada pelo próprio fabricante – e todos os impactos negativos que ele pode gerar no veículo, porém a mão de obra qualificada para realizar o alinhamento de veículos ainda é escassa no Brasil.

Pensando nisso, a Engecass separou quais são as noções básicas que todos os mecânicos deveriam saber sobre o alinhamento de veículos.

Esperamos que as informações sejam úteis para você. Em caso de dúvidas sobre os equipamentos e procedimentos, sinta-se à vontade para entrar em contato com a nossa equipe.

Entendendo o Alinhamento de Veículo

Um alinhamento, quando feito com qualidade, visa equilibrar todas as forças físicas de movimento (gravidade, centrífuga, impulso e atrito) que atuam em qualquer veículo em movimento.

Esse equilíbrio pode ser atingido através da utilização de dois equipamentos específicos: o alinhador de direção e balanceadora de rodas.

Os alinhadores de direção são usados para medir os ângulos das rodas em relação ao eixo do veículo. Na maioria dos casos a leitura dos ângulos é feita através de um laser direcionado a um painel específico de leitura, mas muitos auto centers modernos já contam com o um Alinhador de Direção Digital, que torna o processo muito mais rápido e preciso.

Já as balanceadoras de rodas são equipamentos que avaliam a distribuição de massa pelo conjunto de pneus e rodas para, em seguida, compensar essa desigualdade através da aplicação de um contra peso (chumbo) nas rodas mais leves.

O balanceamento de rodas pode ser realizado com as rodas no carro (balanceadora local) ou fora dele, através de uma balanceadora de coluna. No caso de auto centers modernos que buscam agregar valor e atender um número maior de clientes, o mais recomendado é investir em balanceadoras computadorizadas, que são capazes de fazer as medições de forma semi-automática e com muito mais eficiência do que em processos manuais.

Além de certificar que todos os equipamentos estão sempre alinhados e perfeito estado de conservação, também é muito importante que todos os ajustes sejam feitos a partir das especificações do próprio fabricante.

Também é importante observar que o sistema de direção (composto por vários componentes como rodas, volante, caixas de direção, barras etc) e a suspensão são partes interligadas e completamente dependentes uma da outra quando se trata da direção de um carro.

Entender isso é importante porque a eficiência de um alinhamento de veículo dependerá muito das condições de uso dos componentes da suspensão e sistema de direção, que não podem apresentar desgastes ou folgas que facilitem o desajuste dos ângulos quando o veículo estiver novamente em movimento.

Em outras palavras, da mesma forma que o desempenho dos componentes de direção e suspensão dependem de um alinhamento de qualidade, um alinhamento preciso e duradouro só é possível a partir de componentes com bom estado de conservação.

Diferenças entre Inclinação e Desequilíbrio

Podemos nos referir ao desalinhamento da direção como a inclinação e/ou desequilíbrio dos componentes da suspensão ou sistema de direção de um veículo.

O desequilíbrio das rodas geralmente é a maior causa das vibrações anormais em veículos. Para fins didáticos, ele pode ser dividido em duas categorias:

  • Desequilíbrio estático: é o causador da sensação de que o carro está “pulando” quando atinge velocidades próximas a 60 km/h.

  • Desequilíbrio dinâmico: é o desequilíbrio que faz a roda cambalear devido ao conjuntos de forças horizontais e verticais que atuam sobre as rodas quando o veículo está entre 70 e 130 km/h.

O desequilíbrio na maioria das vezes pode ser corrigido através do balanceamento de rodas, e é importante não só para garantir a segurança das pessoas como também o desgaste excessivo dos pneus.

Já a inclinação das rodas também pode ser dividida de duas formas:

  • Camber: é a inclinação lateral da parte superior das rodas para fora (positivo) ou para dentro (negativo). Sua função é distribuir a massa do veículo de maneira uniforme, evitando o desgaste excessivo dos pneus.
  • Caster: apesar de não influenciar o desgaste dos pneus, o caster afeta diretamente a direção do veículo pelo condutor. Ele se refere à inclinação vertical da roda em relação ao eixo de giro, e também pode ser positivo ou negativo.

A inclinação das rodas pode ser corrigida por um Alinhador de Direção de qualidade (como os Alinhadores de Direção Digitais que já abordamos em nosso blog), mas contar com um profissional qualificado e seguir as especificações do fabricante também é imprescindível.

Por que conhecer tudo isso é importante?

A direção de qualquer veículo apresenta uma tendência natural para ficar desalinhada ao longo do tempo, e por isso a maioria das fabricantes recomendam que o alinhamento seja feito a cada 10 mil quilômetros rodados.

Conhecer as noções envolvidas no processo e não apenas o procedimento manual é importante porque, ao contrário do que há alguns anos atrás, clientes de hoje buscam auto centers com serviços e atendimento de maior valor agregado.

Por isso, sempre deixe claro para os clientes de seu auto center os benefícios do alinhamento de direção e tenha em mente que os problemas de desequilíbrio e inclinações são distintos, demandando conhecimento e equipamentos específicos para cada caso.

Gostou do artigo e acredita que o seu auto center precisa se modernizar? Confira os equipamentos automotivos mais modernos produzidos pela Engecass ou entre em contato para conversar com nossos consultores. Ficaremos felizes em ajudá-lo!