Escolha uma Página

Quando vamos realizar a transferência de um veículo, é preciso levar o carro até a sede do Detranou Ciretram do nosso estado para avaliar se o veículo está adulterado ou foi roubado, e se está com equipamentos obrigatórios exigidos por lei.

Contudo, o atendimento prestado por esses órgãos públicos muitas vezes é precário, faltando pessoal especializado e causando enormes filas. Tudo leva à insatisfação do usuários, que paga IPVA caro para ser mal atendido quando precisa.

Foi pensando em uma solução viável que o Contran — Conselho Nacional de Trânsito — lançou em 2008 e resolução 282, que regulamenta a atividade das Empresas Credenciadas de Vistoria, as ECVs. Com exigências mínimas de pessoal qualificado, o vistoriador de veículos pode ter sua própria empresa e oferecer conforto e um bom atendimento ao público.

Mas o que é preciso para abrir uma ECV? Quais equipamentos são necessários e o que legislação diz sobre os requisitos para abrir uma empresa de vistoria? Veja a resposta para essas e mais perguntas no nosso post de hoje!

Quem pode abrir uma empresa de vistoria automotiva?

Com a intenção de agilizar o processo de emissão de novos documentos para veículos automotores o Contran (Conselho Nacional de Trânsito) autorizou a realização da avaliação em empresas particulares. Entretanto, para que os laudos de vistoria tenham validade em órgão oficiais, a empresa de inspeção deve ser credenciada junto ao Detran.

Qualquer pessoa pode explorar o ramo de vistoria de veículos, basta abrir um CNPJ para realizar exclusivamente esse serviço, atendendo aos requisitos de credenciamento prévio — você pode checar os requisitos no site do Detran do seu estado.

Há também a opção de abrir uma franquia de empresa de vistoria, e poder usar o nome e know-how de uma marca já credenciada no ramo. Nesse caso, é importante checar a Lei Federal de Franquias 8.955/94 para saber seus direitos e deveres.

Quais equipamentos eu preciso para abrir minha ECV?

Conforme falamos, os requisitos para abertura de uma ECV podem variar de acordo com as regras do Detran do seu estado. Por isso, é importante checar o site antes de abrir sua empresa. Mas para que você tenha uma ideia dos equipamentos necessários para realizar as vistorias, separamos abaixo a lista de requisitos segundo a portaria 68 do Detran de SP de 2017.

  • Computador desktop com capacidade mínima core i5 (ou similar), 8GB de RAM e HD de 1TB, roteador com função NAT e redirecionamento de porta, devendo a ECV, sempre que disponível, ter internet mínima de upload de 1 MB;

  • Câmera IP tipo fixa para filmagem panorâmica compatível com os requisitos previstos na Portaria Detran-SP 69, de 24.03.2017;

  • Dispositivo móvel com capacidade de processamento, do tipo tablet ou smartphone, e de integração a sistema homologado pelo Detran-SP na forma da Portaria Detran-SP 69, de 24.03.2017;

  • Leitor biométrico de impressão digital compatível com os requisitos previstos na Portaria Detran-SP 69, de 24.03.2017;

  • Paquímetro de profundidade para sulcos de pneus com certificado emitido pela Rede Brasileira de Calibração – RBC;

  • Aparelho medidor de espessura de base ferrosa e não ferrosa com certificado emitido pela Rede Brasileira de Calibração – RBC;

  • Elevador automotivo, com capacidade mínima de elevação de automóvel com peso bruto total igual ou superior a 2,5T.

Qual o investimento inicial e o volume de serviços que posso esperar?

O investimento é considerado baixo de capital inicial com igual montante de capital de giro, a depender do volume de veículos que se queira atender e da opção escolhida, ou seja, ser um franqueado de ECV ou uma ECV independente.

Uma ECV com estrutura mínima de área e pessoal exigidos tem capacidade de atender cerca de 1500 veículos por mês com um valor médio de R$ 100,00. Evidentemente que esse volume poderá ser maior ou menor dependendo de alguns pontos, como a região de atuação, estratégia de marketing, concorrência etc.

O ideal é fazer uma pesquisa de mercado em sua região e também um plano de negócios. Além disso, é preciso fazer uma boa pesquisa quanto aos fornecedores de equipamentos, principalmente o elevador automotivo, item que passou a ser obrigatório desde a nova resolução da portaria 68 do Detran-SP.

Comprar equipamentos usados pode não ser a melhor opção, visto que em pouco tempo você pode se ver obrigado a gastar com a manutenção do mesmo. Um bom elevador automotivo vai garantir um melhor atendimento ao cliente e satisfação do mesmo para que retorno e indique seus serviços de vistoria para outras pessoas.

Entre em contato conosco e veja porque os elevadores da Engecass são a melhor opção para sua empresa de vistoria automotiva!