Agenda ESG nas oficinas mecânicas: veja 10 dicas práticas

11 jan, 2023 | Oficina Mecânica

A sustentabilidade está cada vez mais presente nas discussões sobre o futuro do planeta e, consequentemente, também está ganhando espaço no setor automotivo. Por isso, a agenda ESG nas oficinas mecânicas tem despertado tanto interesse. 

A preocupação com o meio ambiente e com as questões sociais está cada vez mais presente na agenda das empresas e, para as oficinas mecânicas, não poderia ser diferente.

Com a conscientização cada vez maior da importância da sustentabilidade, as oficinas mecânicas estão buscando alternativas para se tornarem mais sustentáveis. 

O novo direcionamento vai desde a utilização de produtos ecologicamente corretos até a adoção de práticas que visam diminuir o impacto ambiental.

Neste artigo, vamos abordar como a sustentabilidade está transformando o mercado das oficinas mecânicas. Vamos falar também sobre as principais tendências do mercado e como as oficinas mecânicas podem se adaptar para se tornarem mais sustentáveis.

  • Como a sustentabilidade vem transformando o mercado?
  • Como surgiu o ESG?
  • O que é a agenda ESG?
  • Qual o impacto da agenda ESG nas oficinas mecânicas?
  • Por que as oficinas mecânicas devem se preocupar com isso agora?
  • Como implantar a agenda ESG em sua oficina mecânica?
  • Então, o que fazer na prática? Veja 10 dicas.
  • Conclusão.

 

Como a sustentabilidade vem transformando o mercado?

No mundo inteiro, a conscientização ambiental vem se tornando cada vez maior. 

Empresas, particulares, governos e a comunidade em geral têm percebido a necessidade de mudanças radicais para garantir o futuro da Terra. 

A batalha do homem com a natureza é registrada desde as primeiras civilizações. 

Mas foi a partir da Revolução Industrial, marcada pelo desenvolvimento das máquinas à vapor (por volta de 1760), que a exploração de recursos naturais alcançou uma escala nunca antes vista. 

A percepção da gravidade dos impactos ambientais começou a ganhar força nas décadas de 1960 e 1970, gerando os primeiros esforços de uma consciência ecológica e de uma postura mais ativa. 

 

Como surgiu o ESG?

A sigla ESG, que vem do inglês Environmental, Social and Governance, apareceu pela primeira vez em 2005 na ONU, Organização das Nações Unidas, em um relatório com título Who Cares Wins (Ganha quem se importa, em português).

O Brasil foi um dos participantes do encontro, que contou com 20 instituições financeiras de 9 países diferentes. Eles buscavam critérios e recomendações sobre como incluir questões ambientais, sociais e de governança no mercado.

A conclusão do relatório indicou que estas questões contribuem para que a empresa se torne mais sustentável e gere melhores resultados para a sociedade. Dessa forma, é necessário ter consciência ambiental e social para crescer.

 

O que é a Agenda ESG?

O conceito está relacionado ao desenvolvimento de produtos e serviços atrelados a práticas ambientais, sociais e de governança corporativa.

Dessa forma, podemos entender esta agenda como um conjunto de boas práticas implementadas nas operações de uma empresa. 

O objetivo é reduzir os impactos ambientais, oferecer transparência aos seus negócios, melhorar a gestão, além de proporcionar o bem-estar social, colaborando para a construção de um mundo mais justo.

 

Qual o impacto da agenda ESG nas oficinas mecânicas?

Nesse ínterim, a sustentabilidade tem se tornado cada vez mais relevante no mundo dos negócios e, com isso, as oficinas também estão fazendo sua parte. 

A agenda ESG tem sido abraçada com entusiasmo por grande parte das oficinas mecânicas, que visam contribuir para a evolução do mercado e da sociedade de maneira integral. 

Atualmente, o desenvolvimento sustentável está em primeiro plano na agenda global das empresas e a tendência é que isso cresça ainda mais.

Principalmente porque, ao pensar no longo prazo, as oficinas mecânicas também estão construindo um lugar para elas no mercado futuro. 

 

Por que as oficinas mecânicas devem se preocupar com isso agora?

Acontece que estas preocupações já estão mudando o comportamento de compra das pessoas. 

As novas gerações de consumidores estão gradativamente mais preocupadas com o impacto ambiental causado pelos produtos e serviços, dando preferência a empresas mais sustentáveis e que adotam a agenda ESG.

Uma pesquisa do Google comprovou que 4 em cada 5 brasileiros declaram como importante a atuação de empresas e marcas em ações relacionadas ao meio ambiente, panorama social e governança. 

O estudo concluiu que “posicionar sua marca e gerar valor a partir de temáticas ESG aumenta a intenção de compra e a conexão emocional com o consumidor”.

 

Como implantar a agenda ESG em sua oficina mecânica?

O setor de reparos e manutenção automotiva conta com mais de 118 mil estabelecimentos e emprega cerca de um milhão de pessoas, de acordo com dados do Anuário do Sindirepa Brasil 2022.

Pelo seu tamanho, o mercado de reparação automotiva torna-se peça fundamental para o sucesso da agenda ESG no Brasil.

Todos os dias nossas empresas consomem e descartam muitos produtos que precisam de um fim adequado. 

Elas também interferem na rotina da comunidade vizinha e têm responsabilidades na economia e nas dezenas de famílias que orbitam ao redor do negócio, como colaboradores, fornecedores, clientes e comércio local.

 

Então, o que fazer na prática? Veja 10 dicas:

Certamente, esta consciência deve inspirar atitudes concretas por parte das oficinas mecânicas. Os objetivos diretos são: reduzir, reutilizar e reciclar ao máximo os recursos, além do descarte correto dos resíduos gerados. Veja algumas ações:

1. As oficinas mecânicas podem agir no sentido de reduzir as emissões atmosféricas, como os gases do funcionamento do motor, compostos orgânicos voláteis e materiais particulados.

2. Muito pode ser feito também para combater a poluição sonora, como barulhos e ruídos gerados nas atividades de reparação e na utilização dos compressores e sistemas de exaustão, que são perceptíveis nos arredores da oficina.

3. Pode-se promover ainda o descarte adequado dos efluentes líquidos, como a água contaminada com óleo, sólidos sedimentáveis e detergentes. Somam-se ainda os efluentes gerados nos setores de lubrificação, troca de óleo, lavagem em geral e cabine de pintura.

4. Além disso, existem resíduos diversos, como óleo lubrificante usado, baterias, embalagens, panos, peças, pneus e outros.

5. Outra iniciativa é o reaproveitamento da água da chuva. Ela é imprópria para consumo humano, mas pode ser usada na lavagem de veículos e do piso da oficina, além da rega da vegetação existente no ambiente. 

6. Outra possibilidade é coletar essa água por um sistema de tanque de separação de óleo e água e aproveitá-la novamente.

7. O uso racional de água e energia elétrica indica a verificação de vazamentos e uso consciente das torneiras na oficina, utilização de coberturas que permitam a entrada de luz natural, apagar lâmpadas em ambientes que não estão sendo utilizados e a realização de manutenção constante nos equipamentos elétricos.

8. A coleta seletiva também é fundamental. É importante fazer a manutenção de recipientes adequados para a coleta de vidros, metais, plásticos contaminados, papel e óleo usado.

9. A logística reversa é parte importante nesse processo. Ela exige atenção total à legislação sobre os componentes automotivos que carecem de armazenamento e destino adequados, além do cumprimento de contrato com a empresa homologada para o destino correto dos resíduos.

10. Por fim, tão importante quanto adotar a agenda ESG é comunicar ao mercado e conquistar esta posição de destaque perante o consumidor, para transformar tudo isso em uma grande vantagem competitiva.

 

Conclusão

Esperamos que estas 10 dicas práticas ajudem a começar, desde já, a implementação da agenda ESG nas oficinas mecânicas. 

Lembre-se sempre de que os esforços em prol da sustentabilidade trazem benefícios ambientais, econômicos e sociais para todos, além de um diferencial competitivo importantíssimo para as oficinas mecânicas.

Se você deseja obter mais informações ou precisa de orientação sobre como iniciar este processo, entre em contato conosco. 

A Engecass Elevadores Automotivos está comprometida em apoiar as oficinas mecânicas na busca de um presente mais sustentável.

Veja quanto tempo leva para pagar o seu equipamento automotivo!

Calculadora Engecass

Um dicionário automotivo completo para você ficar por dentro da linguagem do setora linguagem do setor

Dicionário automotivo

Gostou do conteúdo? Confira outros assuntos que podem ser interessantes para você!

Como a qualidade dos equipamentos automotivos afeta a reputação de uma oficina mecânica

Quanto mais complexos são os carros atualmente, mais desafiador é para as oficinas mecânicas manterem o padrão de excelência e a equipe atualizada, do ponto de vista tecnológico. Por isso, a qualidade dos equipamentos automotivos tem se tornado indispensável para a...

O papel do Suporte Técnico na fidelização de clientes: Um guia para distribuidores

A fidelidade dos clientes é fundamental para qualquer distribuidor de equipamentos automotivos. Portanto, saber o que torna um cliente fiel é hoje um dos maiores desafios para os gestores destas distribuidoras. Por isso, neste artigo você vai conhecer o decisivo papel...

Os segredos dos equipamentos automotivos de qualidade: O que torna a Engecass uma escolha confiável?

Você já se perguntou qual é o segredo que está por trás do bom funcionamento dos equipamentos automotivos de qualidade? Este artigo vai ajudar você a responder esta pergunta, lançando um olhar mais aprofundado sobre os equipamentos que simplificam a manutenção do...

Transformação em Números: O Impacto dos Equipamentos Eficientes nas Métricas de Atendimento

O crescimento do setor de reparação automotiva está diretamente ligado à adequação de equipamentos eficientes nas métricas de atendimento às novas demandas do mercado.  Um dos motores deste crescimento é a integração da tecnologia. Ferramentas de diagnóstico de ponta,...

O papel do Suporte Técnico na fidelização de clientes: Um guia para distribuidores

Você que é Gerente Comercial de uma Distribuidora de Equipamentos Automotivos sabe da necessidade de um Suporte Técnico eficiente para resolver problemas, fornecer assistência pós-venda e manter a fidelização de clientes.  Isso é importante porque, ao encontrar um...

Como economizar recursos e atualizar sua oficina com os Equipamentos Engecass

Ter boas soluções e funcionalidade em equipamentos automotivos não é apenas vital para o sucesso de oficinas mecânicas, auto centers e concessionárias. É também uma maneira de  manter boa posição no mercado, além de se beneficiar de ferramentas tecnológicas que...

Manutenção Preditiva: Como os Equipamentos Engecass Estão Revolucionando a Abordagem das Oficinas

Nos últimos anos a indústria automotiva vem testemunhando uma evolução notável nas práticas de manutenção. Das tradicionais oficinas mecânicas ao surgimento da Manutenção Preditiva, que tem revolucionado a abordagem nas oficinas.  Neste artigo você vai explorar...

Bastidores da Engecass: Excelência na Fabricação e Controle de Qualidade

O controle de qualidade dos equipamentos é uma preocupação constante para os Gerentes Comerciais de Distribuidoras de Equipamentos Automotivos, uma vez que os distribuidores precisam oferecer produtos confiáveis e duráveis aos seus clientes. Equipamentos de baixa...

Otimizando o Fluxo de Trabalho: Como os Equipamentos Engecass Podem Reduzir o Tempo de Reparo

Equipamentos e ferramentas automotivas desempenham uma importante contribuição na indústria automotiva, desde a manutenção e reparo de veículos até a fabricação, otimizando o fluxo de trabalho.  Eles permitem que os mecânicos realizem os serviços de forma rápida,...

Excelência em Suporte Técnico: Como Impressionar seus Clientes

Você já deve ter ouvido a frase: “Tudo está bem quando termina bem”. Mas, e quando acontece um problema que precisa de uma assistência extra? Bom, nesta hora é que damos o real valor ao suporte técnico. Sua oficina mecânica, auto center ou concessionária pode fazer...

0 comentários