Aprenda a verificar se o carro precisa de troca de óleo

9 fev, 2018 | Elevadores Automotivos, Oficina Mecânica, Super Dicas | 0 Comentários

O serviço de troca de óleo do automóvel pode ser um dos mais corriqueiros e simples de serem executados no auto center. No entanto, ele é muito importante para o bom funcionamento do veículo. Se o seu cliente não tem o costume de verificar as condições do óleo, as consequências serão muito sérias, pois esse descuido pode, além de aumentar o consumo de combustível do veículo, prejudicar o motor.

Entretanto, para que o cliente não passe por esses problemas é importante orientá-lo, não é verdade? Por isso, preparamos o post de hoje. Aqui você vai aprender a verificar quando é preciso realizar a troca de óleo. Quer ficar por dentro do assunto? Então, preste atenção na leitura!

Por que a troca de óleo é importante?

Fazer a troca de óleo é importante para manter o bom funcionamento do veículo. O óleo lubrifica e limpa o motor, pois a combustão libera resíduos que misturam ao lubrificante. Essas impurezas causam corrosão aos componentes do motor.

No entanto, quando você utiliza o lubrificante ideal, ele desempenha seu papel no funcionamento do veículo. O óleo também ajuda com a temperatura do motor, mantendo-a ideal e funciona como um agente de vedação, principalmente no pistão. O lubrificante também reduz o desgaste dos anéis e evita que se formam depósitos em suas ranhuras.

Como saber se o carro precisa trocar o óleo?

 

Verifique o manual do veículo

A primeira dica que você pode dar ao seu cliente em relação a troca de óleo é verificar as recomendações no manual do proprietário do automóvel. Cada veículo tem suas características próprias. Com essas informações em mãos, é hora de observar os sinais que podem identificar se a troca é realmente necessária.

Observe a quilometragem

O primeiro sinal de que é preciso trocar o óleo do automóvel é quanto a quilometragem rodada. Em condições normais de uso, a troca de óleo deve ser feita entre 10 mil e 15 mil quilômetros rodados, mas esse valor pode ser inferior caso o veículo seja usado em condições mais severas, como em terrenos irregulares e engarrafamentos. Nestes casos, o ideal é fazer a troca em torno de 5 mil a 7 mil quilômetros.

Analise as condições do lubrificante

Também é importante analisar as condições do óleo. Observe a viscosidade e caso o lubrificante esteja sujo, ele poderá prejudicar o funcionamento do motor. Por esse motivo, oriente ao seu cliente para checar o óleo cada vez que ele for abastecer.

Mas não se esqueça de também orientar para que ele faça isso com o veículo desligado, pelo menos, 5 minutos, e em terreno plano. Isso garantirá que não ocorram erros na análise do lubrificante.

Preste atenção no nível do óleo

O correto é que o líquido fique entre os riscos de mínimo e máximo na vareta de medição, em qualquer ponto. O óleo abaixo do nível prejudica a limpeza e a lubrificação do motor. Acima, ele aumenta a pressão no reservatório que também é conhecido como cárter.

Alguns veículos baixam entre meio litro e um litro a cada mil quilômetros dependendo da marca. O que você precisa fazer é repor com o mesmo lubrificante que é recomendado pela montadora do automóvel. Complete até chegar entre o mínimo e o máximo da vareta.

Quais equipamentos utilizar para a troca de óleo?

Elevador automotivo ECO-2600

O elevador automotivo ECO-2600 da Engecass é um dos equipamentos ideais para realizar a troca de óleo dos automóveis dos seus clientes. Além dele ter a capacidade para 2600 Kg, ele vem com a rampa para troca de óleo opcional, o que facilita o trabalho dos mecânicos do seu auto center.

Elevador automotivo ECO – 4100

Esse equipamento tem a capacidade para 4100 Kg. Ele também vem com a rampa troca de óleo opcional. O elevador automotivo ECO-4100 possui um suporte para chassi “U” (caminhonetes) e seu sistema de segurança é composto por duas porcas que impedem a elevação do veículo em caso de desgaste das porcas de trabalho.

Elevador 4 colunas 4B-4000/4B 5000

Esse elevador automotivo também é indicado para a troca de óleo. Ele possui dois modelos. Um com capacidade de 4000 Kg e outro para 5000 Kg. O acionamento do equipamento é feito com o painel elétrico, botoeiras, contatoras e disjuntor.

Elevador 4 colunas com plataforma 4B-4000/4B-5000

Esse elevador automotivo também é indicado para a troca de óleo porque vem com a rampa como opcional. A capacidade de carga do elevador é de 4000 kg a 9000 kg dependendo do modelo do equipamento. Ele é indicado para veículo de chassi longo.

Agora que você já sabe como verificar a troca de óleo do veículo, poderá orientar melhor seus clientes, nãoé mesmo? Para que o serviço seja feito com maior agilidade e segurança, tenha um dos equipamentos da Engecass!

Gostou do nosso conteúdo? Acesse o nosso site e conheça todos os nossos produtos!

Veja quanto tempo leva para pagar o seu equipamento automotivo!

Calculadora Engecass

Um dicionário automotivo completo para você ficar por dentro da linguagem do setora linguagem do setor

Dicionário automotivo

Gostou do conteúdo? Confira outros assuntos que podem ser interessantes para você!

Experiência do Cliente na Oficina: o que é e como implementar

Todos sabemos que manter a satisfação do cliente em níveis elevados não é tarefa fácil nos dias atuais, muito em função da grande concorrência e das mudanças de comportamento do consumidor. Mas, isso tem solução. Você já ouviu falar da Experiência do Cliente na...

Delivery de Estética Automotiva: como aproveitar esta oportunidade?

Basta andar pelas ruas para perceber o crescimento das entregas em domicílio. Esta tendência ganhou força nos últimos anos e está impactando os mais diversos setores da economia. Por isso, no artigo de hoje vamos abordar o delivery de estética automotiva.  De fato,...

Curiosidades sobre elevadores automotivos: conheça a história e sua evolução tecnológica

De fato, os mecânicos de automóveis geralmente são retratados em filmes e programas de TV deitados de costas, saindo de baixo de um veículo. Faz tempo que esta imagem deixou de retratar a realidade. Atualmente há uma enorme variedade de equipamentos que permitem um...

Estabilidade do veículo: veja como os elevadores automotivos podem ajudar?

Ao conduzir um automóvel, é essencial que ele reaja prontamente aos comandos do motorista. Isso não só garante a segurança dos ocupantes, mas também torna a experiência de condução mais agradável. Existem vários fatores que contribuem para a estabilidade do veículo....

Redes Sociais para Oficina Mecânica: Estratégias que Aumentam a Presença Digital

Inegavelmente, a internet é hoje um indispensável canal de comunicação para praticamente todos os segmentos. Sua importância também é inquestionável no setor de reparação automotiva. Porém, uma dúvida sempre passa pela cabeça dos mecânicos: como escolher a melhor...

Seus clientes reclamam do preço dos serviços automotivos? Veja o que fazer!

Quem realiza o sonho de ter uma oficina mecânica sabe como é bom ver o cliente sair satisfeito com seu carro. Por outro lado, quando ele reclama do preço dos seus serviços automotivos, fica aquela sensação de que algo deu errado, não é mesmo? Mas, esta história pode...

Como implementar o uso de EPI na oficina mecânica?

Os cuidados com a segurança são um ponto central para a indústria automobilística como um todo e não poderia ser diferente no setor de reparação automotiva. Entre eles está o uso de EPI na oficina mecânica.  A sigla EPI significa Equipamento de Proteção Individual e...

Inovações e tendências para auto centers e oficinas mecânicas

A chegada dos carros inteligentes está mudando a relação do consumidor com os automóveis e criando novas oportunidades e tendências para auto centers e o mercado de reparação automotiva em geral. Os novos modelos estão cada vez mais tecnológicos, praticamente são...

Revisão de carros usados: o que não pode ficar de fora?

A frota de carros no Brasil está envelhecendo a cada ano que passa. Este processo, que começou em 2014, revela que há mais carros rodando por mais tempo e, portanto, ficam mais propensos a precisar de manutenção. Por isso, neste artigo você vai saber o que não pode...

Qual a melhor forma de fazer a precificação do serviço mecânico?

Não é sem motivo que boa parte dos mecânicos sente dificuldade na hora de fazer a precificação do serviço mecânico.  Primeiramente, pelo fato de que tais serviços podem ser complexos e bem variados. Os custos de operação de uma oficina mecânica também podem ser muito...

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *