carros que saíram de linha em 2020

Confira os carros que saíram de linha em 2020

Então 2020 ficou para trás e, junto a este ano um tanto quanto turbulento para o setor automotivo, alguns carros saíram de linha no Brasil após decisões e estratégias comerciais das respectivas montadoras. 

Entre as novas tendências de mercado, lançamentos e fechamento de fábricas (como a da Ford), os motivos para a saída de linha desses modelos são variados, mas apontam para um novo ciclo de renovação da frota nacional. 

Para conhecer melhor quais foram os carros que saíram de linha em 2020, a gente preparou essa lista completa de modelos. Confira e aproveite a leitura! 

Os principais modelos que saíram de linha em 2020 no Brasil 

De modelos de sucesso a outros que agradaram menos os brasileiros, os carros que saíram de linha em 2020 no Brasil não são poucos. 

Enquanto uns vão deixar saudades, outros nem tanto! Vale agora aguardar os anúncios de lançamentos e substituições das montadoras em 2021. Confira aí! 

Chevrolet Cobalt 

O Cobalt foi uma das maiores apostas da Chevrolet nos últimos anos e o modelo conquistou os adeptos dos sedãs. 

Contudo, com a chegada do Onix Plus em 2019, o modelo estava com os dias contados. E ela chegou agora, mas um tanto quanto silenciosa! 

A Chevrolet anunciou, sem grandes divulgações, a saída de linha do sedã no final de 2020 e, sem dúvidas, vai deixar saudades, especialmente entre taxistas e grandes famílias. 

Citroën C4 Lounge 

Muito menos popular e “queridinho” entre os brasileiros, o C4 Lounge da montadora francesa passou a ser importado da Argentina a partir de 2013, mas sempre manteve-se neutro no mercado nacional. 

Apesar dos diferenciais tecnológicos e um atraente motor 1.6 THP, o sedã não conseguiu passar das 30 mil unidades vendidas no país e, por isso, a montadora resolveu abrir mão das apostas para competir com outras marcas. 

Até então, a Citroën não anunciou outro substituto para o modelo. 

Palio Weekend 

Outro popular no Brasil e um dos queridinhos da Fiat: o Weekend. Sim, a perua da linha Pálio é mais um dos carros que saíram de linha em 2020.

Embora o modelo tenha tido excelentes performances de vendas nos últimos anos, a montadora italiana traz uma nova aposta para o mercado nacional e, por isso, o motivo da aposentadoria. 

O anúncio de substituição deve sair em breve e, no lugar da Weekend, chega um novo SUV compacto da marca.

Nissan March 

Nos últimos anos, a Nissan conquistou espaço no mercado automotivo brasileiro e, sem dúvidas, o pequeno e popular March teve papel nessa jornada. 

Porém, a hora chegou e o modelo entrou na lista de carros que saíram de linha em 2020 no Brasil. 

Entre as novas apostas da montadora, está o Magnite, um compacto mais moderno de origem indiana e que tem feito sucesso em diversos países. 

Volks Passat 

Entre idas e vindas, o Passat tem uma longa história no mercado automobilístico nacional e foi um dos sedãs mais desejados pelos brasileiros. 

Um dos possíveis motivos para a saída do mercado é a alta do dólar, tendo em vista que parte do veículo ainda depende de importações da montadora alemã.  

Enquanto a Europa segue firme e forte na produção do modelo, por aqui, parece que o sedã ganhou os dias e um dos prováveis substitutos, com o mesmo patamar, é Tiguan Allspace. 

Volks Golf 

Outro veterano que nos deixa em 2020 é o Volkswagen Golf, após uma história de sucesso de mais de 27 anos. 

O Golf é um dos carros que saíram de linha em 2020, reforçando a aposta da Volks pelos SUVs no mercado nacional. Por isso, muitos acreditam que, talvez, essa saída seja temporária e, com novas tendências no futuro, o tradicional hatch alemão possa reconquistar o lugar no mercado. 

Ford Fusion 

Recentemente, tivemos a dura notícia do fechamento das fábricas da Ford no Brasil e, com isso, muitos consumidores se sentiram um pouco órfãos da tradicional montadora americana, presente há mais de um século no país.

No entanto, alguns modelos já haviam saído de linha antes mesmo do anúncio. É o caso do charmoso e elegante Ford Fusion, um dos luxuosos que conquistaram o gosto dos brasileiros. 

O modelo se destacou por ter sido o primeiro híbrido comercializado no Brasil e, infelizmente, não há substitutos equivalentes por enquanto.

Dodge Journey 

Outra máquina entre os carros que saíram de linha em 2020 no Brasil é o potente e robusto Journey, da Dodge. 

O SUV estava no mercado nacional desde 2008 e dependia de insumos essenciais de fábrica importados do México. Porém, o fim da montadora no país latino afetou a distribuição em toda a América Latina. 

O motor 3.6 V6 de 280cv deixa ainda mais carente o mercado brasileiro de crossovers e, até então, fica difícil prever um substituto nos próximos anos. 

Enfim, esses são alguns dos principais modelos de carros que saíram de linha em 2020 no Brasil. Entre “aposentadorias” já esperadas e outras surpreendentes, o mercado automotivo nacional busca saídas e inovações em um período ainda turbulento para a economia.  

Resta aguardar e acompanhar as notícias nos próximos anos. E para isso, nós temos um outro artigo com destaque para as principais tendências do setor automotivo no Brasil. Confere lá e faça suas apostas para os próximos modelos. 

Conheça nosso catálogo de Equipamentos Automotivos | Engecass

Conheça nosso catálogo de Equipamentos Automotivos | Engecass

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.