setor automotivo

Expectativas para 2022 no setor automotivo

Após os últimos dois anos de muita turbulência no mercado, com fechamentos de fábricas, paralisação de produções e modelos saindo de linha, especialistas acreditam em uma retomada mais promissora e melhores expectativas para 2022 no setor automotivo.

Os motivos para acreditar nisso são variados e, de fato, tudo indica que o próximo ano deve ser o início de um recomeço e, finalmente, do reaquecimento de um dos setores mais importantes para a economia no Brasil.

E para detalhar melhor quais são essas expectativas para 2022 no setor automotivo e o que os especialistas já esperam para o próximo período, nós preparamos este post com alguns dados, tendências e previsões do mercado.

Portanto, sem grandes delongas, vamos direto aos pontos. Boa leitura!

 

Por que 2022 deve ser o ano da retomada do setor automotivo?

Ainda que muitas incertezas pairem sobre o futuro, podemos dizer que desde o início da pandemia até aqui, muita coisa já mudou e, hoje, temos um controle maior da situação.

Por exemplo, o avanço da vacinação ao redor do mundo já coloca alguns países – incluindo o Brasil – em um cenário de estabilização da doença, o que permite a normalização de algumas atividades comerciais e sociais.

Obviamente que isso influência diretamente na economia de alguns setores, inclusive o automotivo.

E isso pode ser comprovado com o aumento significativo da produção e venda de carros em 2021, que cresceu cerca de 57% em comparação a 2020 e que deve se manter numa escala crescente daqui para frente.

 

Expectativas promissoras, mas com muitos desafios ainda

Apesar de as expectativas para 2022 no setor automotivo serem consideradas promissoras, é muito importante ressaltar alguns dos novos desafios que esse mercado deve encarar nos próximos anos.

Separamos alguns deles a seguir. Confira!

 

Escassez de chips

Sem dúvidas, a escassez de chips e de outros componentes eletrônicos se tornou uma das principais dores de cabeças do setor automotivo dos últimos anos e, segundo especialistas, esse problema ainda deve perdurar em 2022, porém menos do que nos anos anteriores.

Na prática, essa falta de semicondutores acarreta paralisação de linhas de produção e, consequentemente, no atraso de entregas dos novos modelos e tem feito montadores do mundo inteiro buscarem alternativas de fornecimento para darem continuidade com seus lançamentos e fabricações.

É a vez dos seminovos

Seguindo a mesma tendência dos últimos anos, a venda crescente de seminovos é uma das expectativas para 2022 no setor automotivo.

De acordo com a Fenabrave, 2021 apresentou um aumento de 82% em relação a 2020 nesse segmento e a alta dos preços dos veículos novos é um dos motivos que explica essa preferência dos consumidores.

 

VW expande na América Latina

Enquanto os últimos anos foram marcados pela saída de montadoras e de paralização da fabricação de alguns modelos no país, novas expectativas para 2022 parecem reacender as esperanças no setor automotivo brasileiro.

O destaque aqui vai para o recente anúncio da Volkswagen de investir em novos projetos no continente, dando preferência a países como Argentina e Brasil.

A ideia, segundo reportagens, é que a montadora alemã invista mais de R$ 7 bilhões na região até 2026 e isso deve contemplar novidades como modelos mais econômicos, modernos e sustentáveis.

 

Mercado automotivo mais digital

Entre as inúmeras tendências impulsionadas com a chegada da pandemia, vale destacar a transformação digital do mercado automotivo nesses anos.

E isso se vê presente em diferentes aspectos e fatores, desde a compra e venda de carros pela internet, por concessionárias digitais, ou pelo próprio site da montadora, até a contratação de serviços, como manutenções e revisões por canais online.

Para se ter uma ideia, o uso da internet para negociar veículos no Brasil cresceu 51% este ano e isso deve aumentar a partir de 2022, em especial por conta do consumo maior dos canais online e pela expansão de sites e plataformas de marketplace.

 

Descarbonização

Talvez ainda seja um pouco cedo para incluir a popularização de carros elétricos e híbridos entre as expectativas para 2022 no setor automotivo brasileiro. No entanto, é inegável que, ano após ano, esse debate se faça mais presente no mercado!

Em outras palavras, sabemos que essa transformação não se dará exatamente em 2022, mas o processo de descarbonização já teve seu início no setor automotivo global e é assunto recorrente no mercado nacional e que certamente será reforçado no próximo ano por meio de projetos, ideias e avanços tecnológicos.

Em resumo, essas são algumas dicas e dados sobre as principais expectativas para 2022 no setor automotivo. E como bem vimos, apesar de um horizonte bem mais promissor para os números das montadoras e revendedores, muitos outros desafios surgem diante as incertezas sobre o futuro. 

Estaremos aqui para acompanhar e sempre atualizar você! E se você já quer aproveitar para conferir diversas outras novidades sobre o universo automotivo, não deixe de acessar o nosso blog e veja todas nossas outras publicações.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.