Higienização automotiva: uma questão de saúde pública

13 fev, 2020 | Informativos, Super Dicas

Fazer a higienização automotiva demonstra que você tem cuidado com o seu automóvel. Ela é utilizada para combater fungos e bactérias e, assim evitar problemas de saúde.

Além disso, a higienização automotiva é uma limpeza minuciosa e quando é realizada com cuidado promove o bem estar do motorista e demais ocupantes do automóvel.

No entanto, o que é a higienização automotiva? Para que serve e quanto custa fazer a limpeza interna do veículo? Essas são algumas perguntas que vamos responder a seguir. Confira!

O que é a higienização automotiva?

A higienização de carros não cuida apenas da estética automotiva. A limpeza é feita em todas as partes do automóvel. É uma higienização automotiva profunda, assim como a lavagem a seco que retira todos os detritos do interior do veículo.

É comum você sair por aí e ficar impressionado com alguns automóveis. No entanto, cuidar das partes internas do veículo também é muito importante porque evita doenças e até alergias.

Além disso, a higienização automotiva tem ganhado muitos adeptos pelas questões já citadas neste post e também por ajudar a conservar o automóvel.

Afinal, fazer o procedimento aumenta a valorização do carro na hora de vender e ajuda a preservar a parte interna, principalmente os veículos mais clássicos.

Guia completo: Como montar uma oficina mecânica moderna | Baixar gratuitamente | Engecass

Para que serve a higienização interna?

A higienização da parte interna do automóvel merece uma atenção especial. Ela serve para prolongar a vida dos bancos de couro, porta luvas, porta malas e até do ar condicionado.

A limpeza também influencia na qualidade de vida das pessoas que utilizam o carro para se locomoverem. Carros que fazem a higienização não sofrem com as impurezas que danificam bancos e demais itens.

E se falarmos das questões relacionadas à saúde, a higienização automotiva evita os ácaros. Saiba que eles se proliferam pelo calor ou umidade e ficam retidos entre as fibras do estofamento do veículo. Os ácaros afetam principalmente as pessoas alérgicas.

Como é feita essa higienização?

Remova as peças móveis do automóvel

As peças móveis do automóvel são removidas. Assim, você consegue mais espaço para trabalhar o revestimento interno do veículo.

Dê atenção a parte debaixo dos bancos e carpetes e a parte do teto e porta malas. Utilize um aspirador de pó e/ou uma escova levemente úmida com um produto especial que higieniza e perfuma.

Limpe o filtro do ar condicionado

Você deve trocar o filtro do ar condicionado a cada 6 meses para evitar que se acumulem sujeiras como pó, detritos e bactérias. Além de fazer com que o ar circule, o ar condicionado impede que as sujeiras fiquem impregnadas no interior do carro causando doenças e alergias.

Assim, o ar condicionado sujo traz prejuízo para os ocupantes do automóvel e também para o próprio veículo, pois perde a capacidade de gelar, forçando o sistema trabalhar mais.

Cuide dos bancos de couro e de tecido

Se a limpeza for feita na sua casa, você pode usar um aspirador de pó e um pano úmido com uma solução de água e sabão neutro.

Se for para você cuidar do automóvel do seu cliente, utilize produtos específicos que evitem ressecamento, rachaduras e pequenas trincas nos bancos, principalmente os de couro. Faça a hidratação de cada um deles.

Trate o painel do carro

Faça a higienização do painel do automóvel. Isso inclui o volante, porta-luvas, pedais e saídas de ar. Para isso, é possível usar um pano úmido com água para fazer a limpeza, ou produtos que dão brilho e limpam.

Quanto custa a higienização de carros?

O preço da higienização automotiva interna pode variar de acordo com o modelo e até o estado de conservação do automóvel.

Veículos como utilitários-esportivos e picapes têm o procedimento mais caro que os sedãs. Você pode cobrar de R$ 200 a R$ 400, ou até mesmo mais.

Para os automóveis hatches, o custo pode ficar em R$ 200, R$ 300 para os sedãs médios e R$ 400 para os carros maiores, picapes e utilitários-esportivos como informamos anteriormente.

Além disso, a realização do serviço pode variar de acordo com o modelo e o estado do automóvel. Em média, gasta-se um dia, sendo de cinco a oito horas para fazer todo o procedimento.

Quais as doenças causadas pelo ar condicionado sujo?

Doença do Legionário

A doença do legionário é uma forma severa de pneumonia. Ela é causada pela bactéria Legionella pneumophyla e outros tipos de Legionella. O problema é transmitido pelo filtro dos aparelhos que gelam o ar mas não conseguem reter as impurezas.

A sujeira se acumula nos ductos que circulam o ar e assim prejudica quem se expõe ao ar condicionado sujo. A doença do legionário é grave e se não for tratada a tempo pode causar várias complicações.

Nariz ressecado

O nariz tem uma mucosa revestida por cílios vibrantes. Ela é a responsável por expulsar bactérias, fungos e vírus que entram em nosso organismo pelo ar que respiramos. Se você fica com o nariz ressecado, a chance de pegar uma infecção respiratória aumenta.

Asma

As doenças respiratórias são consideradas crônicas, pois acometem as vias respiratórias. A asma é um exemplo.

Ela, assim como a rinite alérgica são causadas pela exposição a ácaros da poeira e fungos do ar condicionado. A doença se manifesta por crises de cansaço, falta de ar, chiado no peito, sensação de aperto no peito e tosse.

Amigdalite

A amigdalite é uma inflamação das amígdalas. A doença pode ser viral ou bacteriana. A viral é causada pelo Adenovírus, um vírus Epstein-Barr e o Citomegalovírus (EBV e CMV, respectivamente, causadores da mononucleose infecciosa, entre outros).

Já a bacteriana é detectada pela presença de Streptococos e Pneumococos na corrente sanguínea. Os sintomas da doença são: febre, dor de garganta, amígdalas inchadas e com manchas brancas ou amarelas e mau hálito.

Rinite alérgica

Outra doença causada pela falta de higienização automotiva. Ela é caracterizada por espirros repetidos, coriza abundante e líquida, olhos lacrimejantes, coceira no nariz, olhos, garganta e ouvidos, congestão nasal, alteração do olfato e até do paladar.

[e-book] Como precificar o valor da hora de mão de obra? | Baixar grátis | Engecass

Qual é a validade da higienização automotiva?

A higienização automotiva deve ser feita a cada 6 meses ou em alguns casos, em até menos tempo. Se seu cliente tem filhos pequenos ou animais domésticos, oriente para que ele faça a higienização do automóvel em menos tempo.

A comida derramada nos bancos e pelo de animais domésticos também contribuem para que o interior do carro tenha ácaros e até bactérias.

Viu como é importante a higienização automotiva? Agora que você aprendeu um pouco mais sobre o assunto, poderá orientar os clientes do seu auto center, não é mesmo? Afinal, o carro é um bem muito valioso e por isso deve ser bem cuidado!

Gostou do nosso conteúdo? Quer aprender mais dicas? Acesse o nosso próximo post e veja como fazer um atendimento personalizado online em seu auto center!

Veja quanto tempo leva para pagar o seu equipamento automotivo!

Calculadora Engecass

Um dicionário automotivo completo para você ficar por dentro da linguagem do setora linguagem do setor

Dicionário automotivo

Gostou do conteúdo? Confira outros assuntos que podem ser interessantes para você!

Como a qualidade dos equipamentos automotivos afeta a reputação de uma oficina mecânica

Quanto mais complexos são os carros atualmente, mais desafiador é para as oficinas mecânicas manterem o padrão de excelência e a equipe atualizada, do ponto de vista tecnológico. Por isso, a qualidade dos equipamentos automotivos tem se tornado indispensável para a...

O papel do Suporte Técnico na fidelização de clientes: Um guia para distribuidores

A fidelidade dos clientes é fundamental para qualquer distribuidor de equipamentos automotivos. Portanto, saber o que torna um cliente fiel é hoje um dos maiores desafios para os gestores destas distribuidoras. Por isso, neste artigo você vai conhecer o decisivo papel...

Os segredos dos equipamentos automotivos de qualidade: O que torna a Engecass uma escolha confiável?

Você já se perguntou qual é o segredo que está por trás do bom funcionamento dos equipamentos automotivos de qualidade? Este artigo vai ajudar você a responder esta pergunta, lançando um olhar mais aprofundado sobre os equipamentos que simplificam a manutenção do...

Transformação em Números: O Impacto dos Equipamentos Eficientes nas Métricas de Atendimento

O crescimento do setor de reparação automotiva está diretamente ligado à adequação de equipamentos eficientes nas métricas de atendimento às novas demandas do mercado.  Um dos motores deste crescimento é a integração da tecnologia. Ferramentas de diagnóstico de ponta,...

O papel do Suporte Técnico na fidelização de clientes: Um guia para distribuidores

Você que é Gerente Comercial de uma Distribuidora de Equipamentos Automotivos sabe da necessidade de um Suporte Técnico eficiente para resolver problemas, fornecer assistência pós-venda e manter a fidelização de clientes.  Isso é importante porque, ao encontrar um...

Como economizar recursos e atualizar sua oficina com os Equipamentos Engecass

Ter boas soluções e funcionalidade em equipamentos automotivos não é apenas vital para o sucesso de oficinas mecânicas, auto centers e concessionárias. É também uma maneira de  manter boa posição no mercado, além de se beneficiar de ferramentas tecnológicas que...

Manutenção Preditiva: Como os Equipamentos Engecass Estão Revolucionando a Abordagem das Oficinas

Nos últimos anos a indústria automotiva vem testemunhando uma evolução notável nas práticas de manutenção. Das tradicionais oficinas mecânicas ao surgimento da Manutenção Preditiva, que tem revolucionado a abordagem nas oficinas.  Neste artigo você vai explorar...

Bastidores da Engecass: Excelência na Fabricação e Controle de Qualidade

O controle de qualidade dos equipamentos é uma preocupação constante para os Gerentes Comerciais de Distribuidoras de Equipamentos Automotivos, uma vez que os distribuidores precisam oferecer produtos confiáveis e duráveis aos seus clientes. Equipamentos de baixa...

Otimizando o Fluxo de Trabalho: Como os Equipamentos Engecass Podem Reduzir o Tempo de Reparo

Equipamentos e ferramentas automotivas desempenham uma importante contribuição na indústria automotiva, desde a manutenção e reparo de veículos até a fabricação, otimizando o fluxo de trabalho.  Eles permitem que os mecânicos realizem os serviços de forma rápida,...

Excelência em Suporte Técnico: Como Impressionar seus Clientes

Você já deve ter ouvido a frase: “Tudo está bem quando termina bem”. Mas, e quando acontece um problema que precisa de uma assistência extra? Bom, nesta hora é que damos o real valor ao suporte técnico. Sua oficina mecânica, auto center ou concessionária pode fazer...

0 comentários