Elevador automotivo - a importância da manutenção

7 dicas importantes de manutenção preventiva do seu elevador automotivo

Quer render mais em sua oficina mecânica e garantir total segurança e praticidade aos serviços? Então, lembre-se de realizar uma manutenção preventiva no elevador automotivo e em todos os demais equipamentos do estabelecimento, dentro de um cronograma planejado. 

Afinal, assim como qualquer outro maquinário, os elevadores também precisam de pequenos reparos, lubrificação, limpezas e ajustes de tempos em tempos. 

Por isso, neste post, além de destacarmos algumas vantagens práticas de se realizar uma manutenção preventiva no elevador automotivo, separamos também dicas essenciais de como planejar essa tarefa. Portanto, sem mais delongas, vamos direto ao assunto. Confira! 

Qual a importância da manutenção preventiva do elevador automotivo? 

Assim como qualquer outro equipamento, o elevador automotivo necessita de cuidados e pequenas revisões ao longo do uso. Logo, investindo em marcas e modelos de referência no mercado, a manutenção preventiva tem um papel essencial de manter o bom funcionamento e as funcionalidades originais da máquina. 

Sendo assim, realizar uma manutenção preventiva no elevador automotivo com certa frequência tende a agregar as seguintes vantagens e benefícios: 

  • aumenta a vida útil do equipamento; 
  • evita paralisar as operações para consertos; 
  • reduz a necessidade de trocas de peças, quebras e defeitos; 
  • minimiza o desgaste precoce do equipamento; 
  • reforça a segurança dos serviços; 
  • mantém o bom rendimento do aparelho; 
  • reduz riscos de acidentes, atrasos e até prejuízos para clientes. 

E como realizar a manutenção preventiva do elevador automotivo de forma correta? 

A seguir, destacamos 7 dicas importantes de como fazer a manutenção preventiva no elevador automotivo e garantir o melhor desempenho do equipamento, mesmo após anos de uso. Confira e tome nota! 

1. Faça um cronograma de manutenção preventiva 

Não importa a marca, o modelo ou o tempo de utilização do elevador automotivo. O recomendado é que você monte um cronograma de manutenção de todos os equipamentos e tente segui-lo corretamente. 

Na prática, este cronograma ajudará você a lembrar da necessidade de realizar pequenas revisões programadas no elevador automotivo e manter o equipamento ativo por mais tempo, sem esperar por problemas mais graves. 

As revisões também são importantes para avaliar o desgaste dos componentes do elevador automotivo, uma vez que as peças naturalmente se desgastam com o tempo de uso. Portanto, nunca deixe de revisar o equipamento! 

2. Verifique a validade das peças 

É importante ficar atento a validade das peças do elevador automotivo, mesmo que elas não apresentem problemas a olho nu. A validade é, geralmente, determinada pelo fabricante do equipamento. No entanto, é importante verificar o tempo desse desgaste para você repor a peça quando for necessário. 

3. Oriente-se com o fabricante 

A manutenção preventiva do elevador automotivo certamente será indicada pelo fabricante, conforme as necessidades básicas do equipamento. No entanto, cada estabelecimento pode demandar mais ou menos usos do elevador, podendo alterar assim as necessidades e os prazos de revisões. 

Logo, a equipe técnica do fornecedor é a fonte mais adequada para passar essas orientações mais assertivas e adequadas para cada modelo e uso do elevador automotivo. Sendo assim, mantenha-se sempre em contato com o fabricante. 

4. Lubrifique os fusos e as porcas 

A lubrificação periódica dos fusos e das porcas do elevador automotivo devem ser realizadas durante a manutenção preventiva. No caso de equipamentos mais modernos, como os elevadores automotivos da Engecass, a troca de óleo deve ser realizada a cada dois anos.  

Dessa maneira você prolonga a vida útil do equipamento e garante mais eficiência no uso. 

5. Fique de olho nos detalhes 

Alguns detalhes como as sapatas, os chumbadores de base e a tensão das correias devem ser observados. No caso das sapatas, se elas estiverem desgastadas, podem causar deslizamento e queda do automóvel. Por regra, a parte metálica das sapatas não devem ter contato com os pontos de apoio do automóvel. 

Já se você deseja garantir a segurança dos funcionários e do próprio veículo, o elevador automotivo deve ser chumbado no chão do estabelecimento. Do contrário, você terá vários problemas com o equipamento. Em relação as correias, preste atenção se elas estão frouxas. Caso estejam, faça um ajuste rápido e resolva o problema. 

6. Alinhe os braços do elevador 

Outra dica de manutenção preventiva para o elevador automotivo é alinhar os braços do elevador automotivo antes de começar a trabalhar com o equipamento. Isso evitará acidentes com o automóvel ou com as pessoas que estiverem próximas.  

Afinal, lembre-se que manutenção preventiva é sinônimo de reforço na segurança e no desempenho do equipamento automotivo. 

7. Acione a assistência técnica 

Para fazer a manutenção preventiva do elevador automotivo, você pode acionar a assistência técnica. Dessa maneira, você contará com profissionais capacitados e que também poderão tirar qualquer dúvida em relação ao equipamento.  

A Engecass, por exemplo, oferece toda assistência que você precisa quando compra um dos elevadores de carros. 

E em quanto tempo deve-se realizar a manutenção do elevador automotivo? 

Aqui, vale reforçar as orientações do fabricante e o manual do equipamento. No entanto, como dica geral, recomenda-se ficar atento à manutenção preventiva do elevador automotivo dentro do período de cada ano. 

Porém, esse prazo pode variar de acordo com alguns fatores, como a frequência de uso, a demanda de serviços, os cuidados diários dos mecânicos e até mesmo a qualidade do equipamento. 

Por isso, muito além do cronograma de manutenção preventiva, lembre-se sempre de manter a organização, limpeza e conservação do equipamento. Além claro, de sempre prezar por marcas e peças de referência no mercado

Enfim, essas são as dicas sobre como e quando fazer uma boa manutenção preventiva nos elevadores automotivos. Além de aumentar a vida útil do equipamento, essa prática reforça o compromisso da oficina mecânica com a segurança, eficiência e desempenho dos serviços. 

Gostou do nosso conteúdo? Quer ler mais posts como este? Acesse o nosso próximo artigo e saiba como explicar ao seu cliente a importância da manutenção preventiva do carro também! 

Conheça nosso catálogo de Equipamentos Automotivos | Engecass

Deixe seu comentário
4.6/5 - (14 votes)
Conheça nosso catálogo de Equipamentos Automotivos | Engecass

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.