Normas da ABNT para oficinas mecânicas: o que eu preciso saber?

31 maio, 2022 | mecânica, oficina, Oficina Mecânica, Super Dicas | 0 Comentários

Todo setor de economia, devidamente autorizado e com profissionais regulamentados, têm as próprias normas de padronização, assim como de segurança. E, no caso do mercado automotivo, temos algumas normas da ABNT para oficinas mecânicas.

Elas servem como certificações que comprovam que os estabelecimentos e os profissionais capacitados atendem aos critérios técnicos exigidos para aquele setor. E para conhecer um pouco mais sobre elas, e a importância de conquistá-las, nós preparamos este post com dicas e informações úteis.

 

Confira!

 

Por que seguir as normas da ABNT para oficinas mecânicas?

O trabalho de uma oficina mecânica está muito ligado à confiança que os consumidores depositam naquela empresa. Afinal, o carro é um bem material que todos buscamos manter bem cuidado para que ele não se desvalorize.

A confiança é criada a partir de dois pontos: 1) fidelizando seus atuais clientes e 2) gerando propaganda boca a boca. E para conseguir alcançar esses objetivos, sua oficina precisa apresentar bons resultados, um serviço bem feito e, acima de tudo, um bom atendimento.

Para isso, é preciso criar um padrão de qualidade que seja respeitado pelos clientes. E é aí que entram as normas da ABNT para oficinas mecânicas. Elas orientam você não só a criar e manter esse padrão, como também a treinar e qualificar os funcionários,

Além disso, ao seguir as normas da ABNT para oficinas mecânicas é o primeiro passo para conseguir a certificação de qualidade do Inmetro e ainda serve como argumento de venda para o mercado consumidor, agregando valor aos seus serviços.

 

O que as normas da ABNT para oficinas mecânicas dizem?

As normas da ABNT para oficinas mecânicas ajudam o dono a enxergar o que é preciso fazer para criar o seu próprio padrão de qualidade. Cada norma traz um conhecimento testado e aprovado que define as condições técnicas mínimas para executar determinado serviço.

Por exemplo, a norma ABNT NBR 13032:2008 estabelece os princípios gerais para execução de uma retífica completa no motor do veículo.

Em um primeiro momento, o uso das normas pode servir como um verdadeiro check list para avaliar cada etapa do trabalho da oficina. Com o resultado dessa avaliação, fica mais fácil ver onde é preciso investir ou melhorar.

Cada norma é dividida em algumas etapas. Para exemplificar, vamos continuar com o exemplo da norma de retificação de motores. Sua divisão acontece da seguinte forma:

  • A primeira etapa é preparatória e fala da organização, dos equipamentos, instrumentos e ferramentas necessárias nas diversas fases do serviço;
  • A segunda etapa aborda a parte de diagnóstico, conclusão e resultados das avaliações;
  • E a terceira etapa fala da execução dos serviços, com os cuidados que se deve ter na retifica, montagem do motor e métodos de ensaio.

 

Quais sãos as normas da ABNT para oficinas mecânicas?

Sabendo agora sobre a importância e a necessidade de tais certificações, vamos direto aos principais exemplos de normas da ABNT voltadas exclusivamente para oficinas mecânicas e outros estabelecimentos semelhantes no mercado automotivo.

Confira!

 

Qualificação de Mecânico de Manutenção

A primeira norma da ABNT para oficinas mecânicas que vamos falar se refere a de nº 15681/2009, também conhecida como Qualificação de Mecânico de Manutenção.

Na prática, tal certificação visa capacitar e padronizar a atuação dos profissionais que atuam como reparadores automotivos, ou seja, o mecânico propriamente dito que todos conhecemos.

Esta norma foi criada em 2007 depois de uma recomendação do IQA (Instituto de Qualidade Automotiva). Ela se baseia na padronização sobre a capacitação de profissionais da reparação.

Em outras palavras, todo curso ou formação desse modelo precisa seguir e atender a determinadas exigências da ABNT, a fim de ter um padrão único para todos os profissionais que realizarem os estudos.

Dessa forma, o interessado na certificação pode ter diferentes níveis de escolaridade, de acordo com a especialização desejada, sendo que o requisito mínimo é ter completado até o 4º ano do ensino fundamental.

Ao finalizar um curso devidamente regulamentado e reconhecido no mercado, o profissional adquire tal certificação, que é válida em todo o território nacional.

 

ISO 9001

Outro tipo de certificação e norma amplamente discutida no Brasil e no mundo é a famosa ISO 9001. Apesar de não ser exclusivamente voltada para oficinas mecânicas, ela também se aplica a este tipo de estabelecimento.

Na prática, a ISO 9001 visa estabelece padrões de qualidade na gestão de empresas e para ter direito a ela, a oficina previsa atender a algumas exigências específicas, que dizem respeito aos processos internos de sua gerência, aos recursos humanos e ao ambiente de trabalho.

Dessa forma, é preciso se adequar aos requisitos básicos exigidos por essa norma em relação ao funcionamento da gestão do negócio e em relação às condições de trabalho de seus colaboradores.

Por exemplo, os processos de gestão precisam ser padronizados e devem atender á qualidade mínima de uma gestão eficiente, assim como os trabalhadores devem estar devidamente regularizados em suas profissões, com seus direitos atendidos e com um ambiente de trabalho adequado para a função.

Nesse caso, em geral, as empresas buscam por consultorias especializadas para conquistar a ISO 9001 e isso é muito fácil de encontrar no mercado. Na prática, obter a ISO agrega valores e vantagens ao negócio, inclusive, ela pode ser crucial para fechar novos negócios e fornecedores, já que muitas empresas só negociam com outras que detém a certificação.

 

Outras normas específicas

Esses dois últimos exemplos são os mais clássicos entre as normas da ABNT para oficinas mecânicas, mas isso não significa que são as únicas aplicadas neste setor.

Há uma infinidade de outras certificações e normas existentes no mercado e todas elas podem ter um papel fundamental em seu negócio, agregando mais qualidade, especialização e segurança na rotina de trabalho.

Assim, ao capacitar um funcionário ou se especializar em algum serviço específico, confira se a instituição oferece ao final do processo algum tipo de certificação ou selo que poderá ser utilizado a seu favor.

Vale destacar ainda que, em geral, tais normas e certificações não são eternas e, portanto, para mantê-las válidas é preciso continuar atendendo aos seus requisitos básicos ou mesmo renová-las periodicamente.

 

Quais as vantagens agregadas pelas normas da ABNT?

Após conhecer as principais normas da ABNT para oficinas mecânicas, vale destacar também os benefícios práticos que podem ser agregados com tais certificações.

Sendo assim, se a sua oficina mecânica ou profissional conquista tais selos, automaticamente o seu negócio ou colaborador passa a agrega:

  • mais qualidade aos processos internos;
  • mais segurança na rotina de trabalho;
  • especialização sobre as atividades realizadas;
  • mais valor à marca no mercado;
  • reconhecimento do consumidor ou de parceiros comerciais;
  • mais possibilidades de negócios (alguns fornecedores exigem tais certificações).

Além disso, mesmo que a sua oficina mecânica não detenha de uma certificação ABNT, ela pode se associar a outros parceiros que possuam e atendam às normas específicas. Por exemplo, ao adquirir equipamentos automotivos de uma indústria devidamente regulamentada e que tenha selos de qualidade, automaticamente a sua marca agregará esses valores.

Em resumo, essas são algumas das principais normas da ABNT para oficinas mecânicas e a importância de tais certificações conquistas nesse setor. E como bem vimos, mais do que conseguir padronizar os seus processos, essas normas possibilitam agregar outras vantagens práticas no dia a dia de seu negócio, inclusive abrindo prostas para outras oportunidades e parcerias.

Curtiu o post? Então, acesso agora a página sobre a Engecass e confira os diferenciais de nossa empresa, o que inclui, por exemplo, todos os selos e normas atendidas pela indústria.

Orçamento | Elevadores Engecass

Veja quanto tempo leva para pagar o seu equipamento automotivo!

Calculadora Engecass

Um dicionário automotivo completo para você ficar por dentro da linguagem do setora linguagem do setor

Dicionário automotivo

Gostou do conteúdo? Confira outros assuntos que podem ser interessantes para você!

Experiência do Cliente na Oficina: o que é e como implementar

Todos sabemos que manter a satisfação do cliente em níveis elevados não é tarefa fácil nos dias atuais, muito em função da grande concorrência e das mudanças de comportamento do consumidor. Mas, isso tem solução. Você já ouviu falar da Experiência do Cliente na...

Delivery de Estética Automotiva: como aproveitar esta oportunidade?

Basta andar pelas ruas para perceber o crescimento das entregas em domicílio. Esta tendência ganhou força nos últimos anos e está impactando os mais diversos setores da economia. Por isso, no artigo de hoje vamos abordar o delivery de estética automotiva.  De fato,...

Curiosidades sobre elevadores automotivos: conheça a história e sua evolução tecnológica

De fato, os mecânicos de automóveis geralmente são retratados em filmes e programas de TV deitados de costas, saindo de baixo de um veículo. Faz tempo que esta imagem deixou de retratar a realidade. Atualmente há uma enorme variedade de equipamentos que permitem um...

Estabilidade do veículo: veja como os elevadores automotivos podem ajudar?

Ao conduzir um automóvel, é essencial que ele reaja prontamente aos comandos do motorista. Isso não só garante a segurança dos ocupantes, mas também torna a experiência de condução mais agradável. Existem vários fatores que contribuem para a estabilidade do veículo....

Redes Sociais para Oficina Mecânica: Estratégias que Aumentam a Presença Digital

Inegavelmente, a internet é hoje um indispensável canal de comunicação para praticamente todos os segmentos. Sua importância também é inquestionável no setor de reparação automotiva. Porém, uma dúvida sempre passa pela cabeça dos mecânicos: como escolher a melhor...

Seus clientes reclamam do preço dos serviços automotivos? Veja o que fazer!

Quem realiza o sonho de ter uma oficina mecânica sabe como é bom ver o cliente sair satisfeito com seu carro. Por outro lado, quando ele reclama do preço dos seus serviços automotivos, fica aquela sensação de que algo deu errado, não é mesmo? Mas, esta história pode...

Como implementar o uso de EPI na oficina mecânica?

Os cuidados com a segurança são um ponto central para a indústria automobilística como um todo e não poderia ser diferente no setor de reparação automotiva. Entre eles está o uso de EPI na oficina mecânica.  A sigla EPI significa Equipamento de Proteção Individual e...

Inovações e tendências para auto centers e oficinas mecânicas

A chegada dos carros inteligentes está mudando a relação do consumidor com os automóveis e criando novas oportunidades e tendências para auto centers e o mercado de reparação automotiva em geral. Os novos modelos estão cada vez mais tecnológicos, praticamente são...

Revisão de carros usados: o que não pode ficar de fora?

A frota de carros no Brasil está envelhecendo a cada ano que passa. Este processo, que começou em 2014, revela que há mais carros rodando por mais tempo e, portanto, ficam mais propensos a precisar de manutenção. Por isso, neste artigo você vai saber o que não pode...

Qual a melhor forma de fazer a precificação do serviço mecânico?

Não é sem motivo que boa parte dos mecânicos sente dificuldade na hora de fazer a precificação do serviço mecânico.  Primeiramente, pelo fato de que tais serviços podem ser complexos e bem variados. Os custos de operação de uma oficina mecânica também podem ser muito...

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *