Placa preta - na imagem possui uma placa modelo mercosul na cor preta representando o conteúdo

A placa preta pode voltar em 2021 para carros de coleção

Conseguir uma placa preta para carros de coleção sempre foi motivo de orgulho aos proprietários de veículos clássicos e bem conservados. Afinal, este “símbolo” representava a originalidade do carro e, consequentemente, agregava ainda mais valor de mercado aos clássicos. 

No entanto, nos últimos anos, com o anúncio do novo padrão de placas Mercosul, a tão desejada placa preta teve que ficar em segundo plano para os donos desses veículos, já que o projeto, até então, não dispunha de uma opção exclusiva para carros antigos. 

Mas isso deve mudar em 2021! Pelo menos é o que espera a FBVA (Federação Brasileira de Veículos Antigos), após o envio de diversas propostas ao Fenatran. Confira o post e saiba mais! 

Quem podia ter placa preta no Brasil? 

Há cerca de 20 anos, a placa preta foi autorizada no Brasil para caracterizar carros de coleção, que mantinham certos critérios de originalidade. 

Na prática, a primeira exigência para se solicitar uma placa preta é ter um veículo de, pelo menos, 30 anos de fabricação. Depois, há diversos critérios que precisam ser avaliados pelos clubes credenciados no Denatran ao longo da vistoria. 

Isso inclui, por exemplo, padrões originais da mecânica, carroceira, elétrica, acessórios, entre outros. 

Sendo assim, só poderia solicitar uma placa preta os veículos que mantinham a originalidade conservada. Carros antigos – ainda que bem conservados -, que realizaram muitas modificações não se enquadram nesse perfil. 

E por que a placa preta parou de ser aplicada? 

Desde que o padrão de placa Mercosul foi implementado no Brasil, a então placa preta, exclusiva unicamente aos carros de coleção, perdeu a função legal e precisou ser substituída pelo novo layout, com fundo branco e números acinzentados. 

Evidentemente, tal notícia desagradou automobilistas e colecionadores do país inteiro, o que gerou uma série de pedidos e propostas para os clubes especializados buscarem uma solução viável e, de preferência, rápida. 

Essas reclamações já tiveram efeitos e muitas delas já chegaram ao Denatran, conforme veremos com mais detalhes no próximo tópico. 

Porém, antes disso, é preciso entender que a volta da placa preta é, praticamente, uma exclusividade do Brasil, já que o país era o único a diferenciar carros de coleção em toda a América do Sul. 

Ou seja, na prática, será preciso abrir uma exceção dentro de um acordo continental para que a placa preta retorne à função e seja autorizada unicamente em território nacional. Desafio difícil, mas que dá esperança aos donos de carros de coleção. 

E quando a placa preta para carros de coleção pode voltar? 

Ainda não dá para apostar em uma previsão exata, mas a FBVA vê com otimismo as possíveis mudanças no padrão atual já em 2021. 

Segundo Antoniony Lopes, diretor técnico da Federação, uma proposta para o retorno da placa preta em carros de coleção foi protocolada junto ao Denatran.  

Em uma entrevista ao Jornal do Carro, do Estadão, o especialista resume o trâmite necessário que o pedido precisa passar: “Pode ser que o Denatran leve a proposta ao Itamaraty que, por sua vez, acione o Mercosul. Acho difícil, mas não impossível”. – Resume. 

Até o momento, a posição do Ministério de Infraestrutura é de manter o atual padrão Mercosul em todos os veículos no território brasileiro, incluindo também os carros de coleção. Portanto, é preciso aguardar que todas as propostas sejam devidamente avaliadas para se ter uma resposta definitiva. E isso só deve ser possível a partir de 2021. 

Enquanto os donos de carros de coleção aguardam tais mudanças na regulamentação no Brasil, nossa vizinha Argentina anunciou recentemente uma boa notícia para um grupo de colecionadores. 

Isso porque, lá, o Clube de Veículos de Coleção Bahia Blanca conseguiu autorização local para fugir do padrão Mercosul e disponibilizar uma placa especial para carros antigos em determinada região. 

Ainda que a proporção seja incomparável, este anúncio reacende a esperança dos donos de carros de coleção no Brasil e reforça os pedidos para o retorno da placa preta no país. 

Enfim, só resta aguardar boas notícias e possíveis mudanças para, quem sabe, em 2021, voltarmos a apreciar alguns clássicos desfilando as charmosas e exclusivas placas pretas pelas ruas do Brasil. 

Curtiu o post? Então, aproveite para conferir todas as publicações em nosso blog e fique por dentro de outras dicas, novidades e curiosidades do mundo automotivo! 

Conheça nosso catálogo de Equipamentos Automotivos | Engecass